SS Lazio Brasil - O espaço biancoceleste no Brasil

SS Lazio Brasil

O espaço biancoceleste no Brasil

Tare, o malvado favorito da Lazio

Postado em 29 de novembro de 2017 por



Uma carreira contestada como jogador na Lazio fez com que Igli Tare chegasse ao cargo de Diretor esportivo com muita desconfiança. Segundo números não oficiais, o albanês marcou apenas 4 gols em 54 jogos, mas o melhor ainda estava por vir não como jogador, mas como dirigente.

Em uma política clara de investimentos em jogadores jovens e com potencial, forçado pelo fato do clube não ter como se sustentar com grandes contratações, o talento de Tare passou a ficar em evidência com seu olhar clínico. Foi ele quem descobriu Keita e o trouxe a custo zero do Barcelona, lucrando posteriormente cerca de € 30 milhões na venda realizada ao Monaco. Felipe Anderson saiu com desconfiança do Santos rumo a Lazio ao qual, na época, era constantemente cobrado por seu treinador, Muricy Ramalho. Felipe, segundo rumores chegou a ter uma proposta de € 50 milhões  do Manchester United rejeitada.

Immobile, em baixa no Sevilla foi a aposta para suceder Klose no ataque, contratado por € 8,5 milhões que hoje segundo o site transfermarkt tem valor de mercado próximo dos € 25 milhões.

Tare, foi no Anderlecht buscar a contratação de Biglia por cerca de € 13 milhões e depois de boas temporadas na equipe da capital foi vendido ao Milan por  € 20 milhões.

Vários jogadores com contratações tidas como sucesso foram realizadas em sua gestão como Hernanes, Candreva, Strakosha, De Vrij, Wallace, Marusic, Lukaku, Milinkovic e Luis Alberto.

Depois de quase 10 anos como dirigente, neste período a equipe conquistou 2 Copas da Itália e 2 Supercopa da Itália.

Igli Tare tem contrato com a Lazio até 30 de junho de 2018. Tanto Tare quanto Lotito confiam em uma extensão de vínculo.

Buscar no Blog