SS Lazio Brasil - O espaço biancoceleste no Brasil

SS Lazio Brasil

O espaço biancoceleste no Brasil

Os três zagueiros

Postado em 31 de outubro de 2017 por



O trabalho de Simone Inzaghi no comando da Lazio vem sendo uma das gratas surpresas do futebol europeu. O jovem treinador é considerado um dos mais promissores do continente, mas o seu grande trunfo foi reinstalar o esquema com três zagueiros no clube.

Na última temporada, Inzaghi atuava na maioria das partidas com uma linha de quatro (Basta, de Vrij, Wallace e Radu), mas nos confrontos contra os principais times mudava a cara da Lazio e colocava três zagueiros, ensaiando o retorno de Radu ao centro da defesa.

O experimento não podia dar certo, pois uma defesa com três zagueiros precisa de muito treinamento para aprimorar o entrosamento. Como havia um revezamento nas táticas, a Lazio sempre parecia um pouco frágil ao atuar desta forma.

A consolidação

A primeira pré-temporada de Inzaghi na Lazio já tinha uma definição que seria a opção por três zagueiros desde o início das partidas. Contra a Juventus, na Supercopa, o experimento deu certo e gerou mais confiança para o técnico e o time.

Nem mesmo as lesões de Wallace, de Vrij e até Basta fizeram com que o treinador modificasse sua filosofia utilizando o jovem Luiz Felipe e até improvisando Patric e Lucas Leiva no trio de zaga. O brasileiro, aliás, foi uma grata surpresa na temporada e tem tudo para ter um grande futuro no clube.

Nesta temporada já são 15 partidas sempre atuando com três zagueiros. A Lazio levou 17 gols, uma média de 1,1 gol sofrido por partida. Números bem abaixo das duas últimas temporadas quando o time bianceleste levou 1,37 (59 em 43 jogos) e 1,32 (69 em 52 jogos).

As falhas defensivas estão cada vez menores e excetuando o desastre contra o Napoli, podemos afirmar que o trio (qualquer que venha sendo escalado) demonstra segurança e protege muito bem a boa fase do goleiro Strakosha.

Incluindo nesta conta dois confrontos contra a Juventus e um contra o Milan, que tradicionalmente vinham sendo adversários que comprometiam o sistema defensivo laziale.

A volta por cima

bastos-lazio

É inegável que o principal jogador da defesa da Lazio é Stefan de Vrij, mas dois outros jogadores vêm se destacando ao lado do holandês: Bastos e Radu.

Bastos tem 25 anos e chegou a Lazio na última temporada vindo do Rostov, da Rússia, e apesar de uma boa estreia não conseguiu manter boas atuações e acabou relegado ao banco de reservas. No total entrou em campo apenas 14 vezes, e esteve atrás de de Vrij, Radu, Wallace, Hoedt e Basta no miolo da zaga.

Foi o bastante para muitos torcedores (e jornalistas) o compararem com o francês Michael Ciani, que vestiu a camisa da Lazio entre 2012 e 2015, e não deixou saudades. Mas neste ano, o angolano vem sendo muito importante no sistema defensivo, principalmente por sua velocidade e antecipação e também no ataque, pois já balançou as redes em três oportunidades, e ocupa o 4º lugar na tábua de artilheiros da Lazio atrás de Immobile, Parolo e Milinkovic-Savic.

Outro jogador que voltou a cair nas graças da torcida é Stefan Radu. Aos 31 anos, o romeno já está na história da Lazio e ocupa a 10ª posição entre os que mais entraram em campo pelo clube. Desde quando chegou em 2008, vindo do Dinamo Bucareste, ele passou por desconfiança para a lateral-esquerda, principalmente pela saudade de Alessandro Kolarov.

A garra e força de vontade sempre o acompanharam e com isso, apesar de alguns erros, ele foi caindo no gosto da torcida. Mas nos últimos anos, o acúmulo de falhas defensivas foi minando a confiança do jogador e sua relação com a torcida. Logo, para esta temporada, Inzaghi retirou a braçadeira de capitão do romeno e passou para Lulic.

Mas nestes 15 jogos, as atuações de Radu voltaram a ser seguras, principalmente com sua efetivação como zagueiro. Outro ponto a ser ressaltado é o sumiço de seus cartões, uma das principais críticas que recaiam sobre o jogador na lateral-esquerda.
A experiência de Radu é um dos pilares da boa fase da Lazio, mas é um daqueles méritos que ficam escondidos por trás do brilhantismo de outros jogadores como Immobile e Luis Alberto.

Buscar no Blog